quarta-feira, 16 de maio de 2018

Das loucuras da vida...
É caminhar sob a chuva
Sentir o vento abraçar teu corpo
Voar com teus pensamentos
Das loucuras da vida ...
É sonhar com o impossível 
Realizar o improvável
Sorrir todos os dias
Das loucuras da vida...
É ser grato pelo que possui
Amar e ser amada
É ter te encontrado!
Lembre-se que 
o simples fato de existir 
é a própria loucura
É a própria               
V
                     
I
                    
D

                     
A

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Ser Mãe


Ser mãe
É sentir a força divina 
germinando em ti um novo ser
É carregar uma luz no teu ventre
É ter um sopro da vida em teus braços
É alimentar um coração 
com bondade e compaixão
É aprender que a vida vai além 
dos teus limites
E que não existe limites 
para proteger quem se ama
Ser mãe
É ensinar a voar 
sem perder o norte
É ter um ninho de aconchego 
para as horas difíceis
É permitir que teu filho 
trilhe seu próprio caminho
Mas dar a segurança de que estará ao seu lado quando ele precisar
Ser mãe 
É chorar de alegria
Rir de nervoso
É tentar amenizar a vida 
daquele ser precioso
Ser mãe 
É lembrar de cada segundo
de cada abraço, beijo e música
É guardar os desenhos, 
do primeiro ao último
É aprender como ser melhor, 
justamente com quem temos que ensinar
Ser mãe
É doar-se por inteira
Um caminho de ida
Sem esperar um retorno
É amar incondicionalmente 
a existência do outro
Carregá-lo no colo 
E não esmorecer
Ser mãe não é fácil, 
se fosse,teria outro nome...

Feliz Dia! 


terça-feira, 8 de maio de 2018

Sinto, logo vivo


Sinto

O cheiro do outono 
penetrando pela janela

Sinto

O calor dos teus olhos 
tocando minha pele

Sinto

O sabor da tua alma 
beijando meus lábios

Sinto

O sangue pelas veias 
vibrando meu corpo

Sinto

O futuro quando te
enxergo em meus sonhos

Sinto,
      Logo vivo...

             

segunda-feira, 7 de maio de 2018


Um mergulho profundo
na infinitude do crepúsculo,
traz os melhores sentimentos
à flor da pele...
Um sentimento de paz,
um silêncio absurdo
tudo se renova
nas cores do crepúsculo
Distância: 
é quando produzimos 
saudades para 
querer retornar

domingo, 6 de maio de 2018

sábado, 5 de maio de 2018

Perdendo-me

Só me encontro
Quando permito
Perder-me
Porém
Preciso desprender-me
Das cobranças da razão
Da angústia da derrota
Do medo em falhar
Zerar a vida tantas vezes
É viver várias vidas
Em uma só
É ter um lastro de história
É fazer da história um mapa
Para perder-me

Até me encontrar