segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Bom dia

E como de costume 
Deixo um café 
Com o meu perfume,
De sabor quente 
Como os meus lábios
Na mesa um bilhete
Com palavras delicadas
Entrelinhas descrevendo
Algumas obscenidades 
Despertarás para o dia
Sentindo minha ausência
Beberá o líquido quente
Sorvendo minha presença

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Naquele Instante

Te amei naquele instante 
Em que teu olhar 
Atravessou o meu 
Desnudando minha alma 

Te desejei no instante 
Que tua mão 
Tocou a minha 
Acariciando meu coração 

Senti a eternidade 
Quando teu corpo 
Abraçou o meu 
Fazendo-me levitar 

Que o amor cresça
Na melodia
Do nosso silêncio 
Inundando-nos de paz


quarta-feira, 2 de agosto de 2017