quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Felicidade 
É abraçar o infinito, 
Jogar-se na vida, 
Dançar na chuva
Cheiro de café e terra molhada
Lambuzar com uma casquinha
Sonhar alto
Voar com os pés no chão
E o mais importante:

Estando nos teus braços

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Desnudou-me com o olhar, 
não meu corpo, 
mas sim a minha alma
Do teu coração, 
saiu os maiores gestos de amor
Com tuas mãos, 
aninhou-me pra dentro de ti
E foi no encontro dos teus lábios 
que senti o sabor da vida...

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Saudade: quando fecho os olhos e sinto tuas palavras tocando minha alma e abraçando meu coração

sexta-feira, 17 de novembro de 2017


Abristes a porta
Olhou-me por dentro
E quis ficar...
Enxergastes minha alma
Desvendou meus segredos
E quis ficar...
Tocou meu coração
Percebestes as cicatrizes
E quis ficar...
Sentistes minhas inseguranças
Entrelaçou tuas mãos nas minhas 
Abraçou-me no silêncio...


E ficou!

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Para viver a vida



Despeço-me silenciosamente,
Sem criar alarde
Despeço-me à luz do dia,
Sem ilusões
Despeço-me por um momento,
Necessito de uma pausa
Despeço-me para viver a vida,
Amar e ser amada
Despeço-me como o vento,
Deixando folhas espalhadas
Despeço-me com cheiro de chuva
E de terra molhada...


quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Uma (quase) declaração de amor



Saberás que te amo
Ao olhar nos teus olhos
Acariciar teus cabelos
E segurar tua mão

Saberás que te amo
Quando viajar nos teus sonhos
Pousar no teu ninho
E aconchegar-me nos teus braços

Saberás que te amo
Ao enfrentarmos a vida
Confiar em você
De olhos vendados

Saberás que te amo
Quando o sol se por
A lua brilhar
E ao nascer um novo dia

Saberás que te amo
Na quietude do silêncio
No barulho do vento
E no cheiro da chuva

Saberás que te amo
Ao ouvir tua história
Ser solidária 
E não julgar teu passado 

Saberás que te amo
Quando rir das tuas piadas
Sorrir ao estar do teu lado
E sentir saudades sorrindo

Saberás que te amo
Ao sentir minha presença
Tocando teu corpo
Mesmo distante

Saberás que te amo
Quando eu NÃO  disser eu te amo
Mas sim, com a simbiose das nossas almas 
E com o grito do meu coração 





domingo, 12 de novembro de 2017

Quando o silêncio fala...




É no silêncio que 
as almas se encontram
É no silêncio que 
as almas se tocam
Temos o mar, a brisa,as ondas
É no mar
que nos encontramos
É no toque da brisa
que nos abraçamos
É no som das ondas 
que os anjos falam: 
“-Foram destinados um ao outro”
É na luz das nossas almas
que nossos anjos se unem
E é na paz desse silêncio
que nos amamos!


sábado, 4 de novembro de 2017


Ao abrir meu coração 
permiti a entrada 

da luz do teu amor

É amor



Se sentes 
alegria no peito
mesmo conhecendo 
seus defeitos...
É amor

Se estar junto 
é leve e delicado
Mas com uma força 
inenarrável...
É amor

Se a felicidade em ver 
o outro feliz
absorve-te por inteiro...
É amor

Se doar de corpo e alma 
e permitir morada
em seu coração...
É amor

Se desejas sem ressalvas
acolhe e enlaça
te liberta e te abraça...

Então é amor

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Amar é voar

Caminhei até o precipício
vi que era o amor
e voei...
Amar é voar
e ter um ninho
para pousar

Sobre amor e laços

Se o amor fosse feito de laços
ao invés de cadeados,
talvez não precisasse se desmanchar...
Seria leve e poderia perdurar


Paris 

Abraço


Em teus braços
sinto-me abraçada
pelo universo,
iluminada pelas estrelas
e com amor do 
tamanho do infinito...

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Reciprocidade

Tuas palavras
costuram o
amor em mim

Teu sorriso
é um arco-íris
num dia de chuva

Tua presença
é alegria certa
na minha alma

A felicidade 
mora no meu peito
quando penso em ti

E com 
um beijo
levado pelo 
vento
que devolvo 
esse sentimento
à ti


segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Sobre o Amor

Amar
Não é a quantificação das coisas
Mas sim a grandeza dos sentimentos
Amar é
Demonstrar carinho, afeto
É gostar das qualidades
E saber lidar com os defeitos
Amar é 
O entrelaçamento de almas
A batida sincronizada 
De dois corações
Amar é
Assumir teu sentimento para o universo
E aceitar que é merecedor, 
De ser amado também
O amor está
No silêncio do momento
Na reciprocidade dos gestos
Na intensidade do beijo
Na poesia do olhar
Na magnitude do sexo
No dormir abraçados
Amar
Não é só se doar por inteiro
Mas permitir que te amem também 

https://youtu.be/lsBsOYQqJno


sábado, 14 de outubro de 2017

Amar é...

O desejo de estar
O querer ficar
O medo de se entregar...
Mas amar é viver
Poder voar
E pousar no seu bem querer!
Enfrentar a chuva
Lavar a alma
E teu sol renascer

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Numa certa manhã

Naquela manhã
Adormeci no teu corpo
Como se lá o meu fizesse morada
E o teu fosse parte do meu...
Adormeci com minha alma
Misturada na tua
Nossos sonhos se fundiram
Foi então que senti que 
Meu coração encontrou
Finalmente a paz



terça-feira, 12 de setembro de 2017

Quando a manifestação de afeto 
transcende a alma, 
torna-se desnecessário dizer
 "eu te amo"...

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Sou aquela

Não me ofereça 
Um gole de vida
Uma linha de abraço
Uma poça de amor

Pois sou aquela 
Que mergulha na vida
Que dá laço com o abraço
E se afoga no amor
Escrita em 09/10/2016

domingo, 3 de setembro de 2017

Sentimentos



Meu carinho te toca
Sempre que te abraço
Teu cheiro está em mim 
Desenhado no meu corpo
Descrevo o quanto te quero
Quando toco tua pele
Demonstro o quanto te gosto 
Com o sorriso do meu olhar 
Sentes a minha paz
Cada vez que silencio 
Enxergas o brilho na minha alma
Toda vez que meu coração bate por ti



quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Tem dias

Tem dias em que 
O rio deixa de correr
O vento para de soprar
A chuva deixa de cair
A música para de rimar
A poesia deixa de existir 
Para então 
A vida recomeçar
A primavera surgir
O coração se expandir 
O amor invadir 
E nossa alma fundir


segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Bom dia

E como de costume 
Deixo um café 
Com o meu perfume,
De sabor quente 
Como os meus lábios
Na mesa um bilhete
Com palavras delicadas
Entrelinhas descrevendo
Algumas obscenidades 
Despertarás para o dia
Sentindo minha ausência
Beberá o líquido quente
Sorvendo minha presença

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Naquele Instante

Apaixonei-me no instante 
Em que teu olhar 
Atravessou o meu 
Desnudando minha alma 

Desejei-te no instante 
Que tua mão 
Tocou a minha 
Acariciando meu coração 

Senti a eternidade 
Quando teu corpo 
Abraçou o meu 
Fazendo-me levitar 

Que o amor cresça
Na melodia
Do nosso silêncio 
Inundando-nos de paz


quarta-feira, 2 de agosto de 2017

domingo, 16 de julho de 2017

Fênix

Quando tudo 
parece te sufocar 
e a única vontade 
é de desaparecer 
Tire um tempo,
repense a vida  
fortaleça a alma
vire cinzas

e volte a renascer 


quinta-feira, 13 de julho de 2017

Amigo

Teus olhos miúdos 
não escondem a alma 
de quem enxerga
através dos espelhos 
Teu sorriso largo
reflete a alegria 
que quer voltar 
a sentir, aquecendo 
teus dias frios
A tristeza é só 
uma passagem 
para dias mais 
felizes, e que
às vezes 
passam por nós 
e não enxergamos...
Portanto, após 
transbordar-se,
seque as lágrimas, 
enxergue o mundo 
que te respira
e absorva o

que te toca

terça-feira, 4 de julho de 2017

Significados III

Vida: aquele instante onde cruzamos olhares, nos demos as mãos e absorvemos a luz um do outro...


Honestidade: quando se é verdadeiro sem ferir a alma do outro


Maturidade: capacidade de dizer não à aquilo que te incomoda sem se sentir mal por isso...



Resiliência: ser atropelado pela vida e renascer com a força da própria alma

À Procura da Luz

Uma alma procura a luz da outra 
por caminhos sinuosos
até um dia se encontrarem 
Fique atento, pois ao sentir 
um arrepio na nuca e
toda tua pele se eriçar
estarei mergulhada em teus pensamentos
desenhando no teu corpo 
o que você desejar
Escrevo todas as noites 
à procura da tua alma perdida,
e envio os desejos
pelas brumas do sonho, 
na esperança de acordar 
abraçada ao teu corpo 
E finalmente quando 
nossas almas se encontrarem 
nessa vida de desencontros 
num abraço me aconchegarás 
ensinando-me o significado 
de pertencer...


*sobre sonhos impossíveis